Todos precisam saber e você precisa falar!!! - Michel Plattiny

08-09-2010 11:17

 Romanos 10.14-15 - “Como, porém, invocarão aquele em quem não creram? E como crerão naquele de quem nada ouviram? E como ouvirão, se não há quem pregue? E como pregarão, se não forem enviados? Como está escrito: Quão formosos são os pés dos que anunciam coisas boas!”

Paulo estava aqui dissertando sobre a dificuldade dos judeus em se render a Jesus, a dificuldade que eles tinham de entender a Paixão de Cristo, de entender que tudo o que ele fez foi para que cumprisse a justiça de Deus e então pudéssemos ter acesso a Deus. Mas eles não entendiam, eles achavam que eles obteriam justiça diante de Deus por meio de suas obras, de andar certo com a lei, assim eles teriam acesso a Deus. Mas então Paulo chega em um ponto que é a grande dificuldade pela qual todo o mundo não têm se rendido a Deus, é porque as boas novas não tem sido anunciada.

 

Paulo Remonta uma antiga tradição citada pelo profeta Isaías. Isaias 52.7 Que formosos são sobre os montes os pés do que anuncia as boas-novas, que faz ouvir a paz, que anuncia coisas boas, que faz ouvir a salvação, que diz a Sião: O teu Deus reina!

  1. Conhecer a Paixão de Jesus nos compromete a anunciar as boas novas e coisas boas

Boas novas - é à revelação da graça de Deus, que Cristo veio pregar, e que se manifesta na Sua vida, morte e ressurreição, significando para os homens salvação e paz.

Coisas boas – a situação era de guerra, de tristeza, de opressão o que eles precisavam era de ouvirem coisas que aliviassem suas preocupações.

  1. Conhecer a Paixão de Jesus nos compromete a fazer os outros ouvirem a paz e a salvação

Paz – Num tempo onde existe tanto estress, crise financeira, crise no trabalho...o que todos anseiam é por paz. O conceito bíblico de paz tem na raiz o significado de “totalidade”, de “inteireza” ou de “perfeição”. Entre as importantes gradações de sentido, temos “realização”, “maturidade”, “saúde”, “integridade”, “harmonia”, “segurança”, “bem-estar” e “prosperidade”. Conota, também a ausência de guerra e de perturbação.

João 14.27 - Jesus disse: "Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize."

Salvação – O que mais ouvimos hoje é que esta tudo perdido,Há!! Caiu nas drogas não tem mais jeito, coitado é um viciado em bebidas vai morrer de cirrose. Na verdade as pessoas em nossos dias não anunciam palavras de Salvação, apenas de desgraça, derrotismo, desanimo.

Nós temos o compromisso de anunciar salvação:


Para o cego, Jesus é luz.
Para o faminto, Jesus é o pão.
Para o sedento, Jesus é a fonte.
Para o morto, Jesus é a vida.
Para o enfermo, Jesus é a cura.
Para o prisioneiro, Jesus é a liberdade.
Para o solitário, Jesus é o companheiro.
Para o mentiroso, Jesus é a Verdade.
Para o réu, Jesus é o advogado.
Para o cansado, Jesus é o alívio.
Para o medroso, Jesus é a coragem.
Para o agricultor, Jesus é a árvore que dá fruto.
Para o pedreiro, Jesus é a pedra principal.
Para o jardineiro, Jesus é a rosa de Sharon.
Para o floricultor Jesus é o lírio dos vales.
Para o tristonho, Jesus é a alegria.
Para o leitor, Jesus é a palavra.
Para o pobre, Jesus é o tesouro.
Para o devedor, Jesus é o perdão.