Uma palavra de Garantia - Michel Plattiny

19-04-2011 09:28

Continuando nossa série de artigos sobre “As últimas palavras de Jesus na cruz” vamos observar nessa semana a segunda frase de Cristo. Essa frase se encontra no Evangelho de Lucas cap. 23. Versículos 42 e 43: “E disse Jesus: Senhor, lembra-te de mim, quando entrares no teu reino. E disse-lhe Jesus: Em verdade Te digo que hoje estarás comigo no Paraíso”.

O contexto no qual Jesus se encontrava era logo após ter dito: “Pai, perdoa-lhes porque não sabem o que fazem”. Jesus estava sendo insultado e zombado pela multidão e diz-nos a bíblia que se cumpria ali também uma profecia de Isaias 53.12. Jesus fora contado entre os transgressores, ou seja, ele era naquele momento da crucificação colocado junto com dois transgressores da lei. É diante desses transgressores da lei que Jesus pronuncia sua segunda frase na cruz.

Essa é uma frase que transmite garantia, que transmite certeza e convicção por parte de Jesus, com certeza trazendo paz para aquele miserável na cruz. E também dando aquele pecador na cruz a certeza de sua salvação. Aqui entramos em uma grande questão, você tem certeza da sua salvação eterna?

            O que especificamente Jesus no revela com essa frase dita ao ladrão que estava ao seu lado? Primeiramente nos revela que: “Deus nos chama de volta a um relacionamento através de Cristo”, e significa que essa frase só têm valor para quem é díscipulo, pois para queles que não temem não confiam em suas palavras essa frase não faz sentido, por isso, continuam com medo de seus futuros eternos.

            Uma segunda questão que nos revela essa frase é que “ela é pessoal”, “Em verdade te digo...” Ela não foi dita a todos os dois ladrões que estavam ao seu lado, mas somente a um deles. O que nos revela que essa palavra de garantia vinda de Deus é pessoal, você não pode depender de terceiros, é sua vida particular com Deus que irá determinar seu destino eterno.

            E por fim uma terceira questão que essa frase de Jesus no revela é que a salvação é de graça. Ou seja, aquele homem não estava sendo salvo naquele momento por méritos e boas obras, ele não estava sendo salvo por ter se dedicado a religiosidade, mas estava ouvindo uma palavra de salvação, pois é isso que recebemos de Jesus na cruz, um presente que não mereciamos,  O Filho de Deus pagando o salário do nosso pecado.

Só para aqueles que se reconhecem como pecadores e creêm nesse Cristo é que ouvirão palavras de garantia, lembre-se de que Crer não é somente conhecer a história, crer implica em 3 ações: Confiar em Jesus, ir até Ele e também permanecer com Ele. Você têm crido em Jesus? Você já ouviu essa palavra de garantia vinda de Deus? Experimente uma vida cristã e saia de uma vida de religiosidade!

Pastor Michel Plattiny

Igreja Presbiteriana Jardim das Oliveiras

Site:ipijo.webnode.com.br