Você é o que você come!!! - Pr. Mcihel Plattiny

11-07-2012 10:32

 

        Você já ouviu essa expressão? Refere-se ao que nos tornaremos conforme nossa alimentação. Por exemplo, uma pessoa que come muita gordura com certeza será uma pessoa com Colesterol alto, se for excessiva no doce será um diabético, alguém que consome muito sal terá problemas de hipertensão. Como temos alimentado nossa alma? Pois da mesma maneira que alimentação exerce um grande poder sobre nossa saúde física, assim também acontece com nossa alma!! Pra termos uma alma bem alimentada e saudável precisamos alimentá-la com a palavra de Deus.

            Um dos grandes problemas de nossa geração quanto ao alimento da alma é descrito por Dallas Willard em seu livro Conspiração Divina: “A presumida familiaridade tem levado ao desconhecimento, o desconhecimento ao desdém, e o desdém a uma profunda ignorância.” As pessoas dizem ter uma grande familiaridade, dizem possuir bíblias até com traduções diferentes, mas na verdade a maioria desconhece uma leitura diária, a maioria diz ter familiaridade com a bíblia, mas é ignorante quanto a vontade de Deus.

            Gostaria destacar a vida de um povo que o evangelista Lucas descreve no livro de Atos como sendo um povo que era nobre, tinha uma vida espiritual saudável e uma alma bem alimentada. Esse povo era chamado de Bereianos. A boa alimentação espiritual deles se deu por dois motivos:

Primeiro porque eles recebiam a mensagem da bíblia, das escrituras com grande interesse, havia zelo da parte deles na importância dessa palavra e também o principal: o cuidado pra viverem aquilo que aprendiam. Hoje temos uma geração que se autodenomina “evangélico” no Brasil, mas que quase nunca lê a bíblia e também tem grande dificuldade em viver aquilo que a palavra de Deus ensina. Aqui se encontra um grande segredo da alimentação saudável da alma, que pra se ter uma alma bem nutrida tem que se viver aquilo que a palavra de Deus ensina. De nada adianta dizer que acredita, que crê, que tem bíblia em casa e não vivê-la com atitude e ações. Por isso, quem se alimenta dessa palavra é chamado de discípulo, de cristão, ou seja, sua alma esta ficando tão saudável que ele é um pequeno cristo.

Em segundo lugar vai dizer a bíblia que os bereianos eram críticos e examinavam essa palavra todos os dias. Precisamos ter senso crítico e colocar a palavra de Deus como autoridade suprema em nossas vidas. Lutero lutou por isso, e em nossos dias precisamos de uma nova reforma em meio a tantas igrejas que abrem as portas diariamente, precisamos voltar para palavra de Deus e não ficar dando créditos a apostolo X, bispo Y, pois não vivemos de ideologias (campanhas, shows), mas vivemos pela palavra do nosso Deus.

Que possamos entender e viver o que disse nosso irmão e missionário Ronaldo Lidório: “Não basta ler a Palavra. É necessário compreendê-la. Não basta expor a Bíblia. É necessário fazê-lo com fidelidade. Não basta conhecer os textos. É necessário aplicá-los à própria vida. Veremos uma geração amadurecida e comprometida com a Palavra de Deus quando o texto sagrado tornar-se algo mais do que um livro de autoajuda para alguns, ou um compêndio de fria consulta teológica para outros.”

Pastor Michel Plattiny Gonçalves Leite

Igreja Presbiteriana Independente Jardim das Oliveiras